História

As exigências sociais e profissionais da vida moderna têm provocado alterações significativas na sociedade, tendo, algumas destas, agravado a fragilidade social daqueles que mais dependem da coesão familiar e do mercado do trabalho, as crianças e os idosos. Tais alterações têm originado um contingente crescente de pessoas “aparentemente” obsoletas para o trabalho, mas ainda muito válidas para a Vida Activa, faltando apenas uma oportunidade para a realização pessoal de novos horizontes, muitas vezes, até de velhos sonhos. Outros, talvez pelo abandono social de que se convenceram e à falta de estímulo, entregam-se a uma conformação psicológica negativa, à espera que chegue o dia da partida para o outro mundo. A USPD foi justamente criada para ajudar a superar tais disfunções sociais entre a população Sénior dos Açores, em geral, e do Concelho de Ponta Delgada em particular.

Sensibilizada com os problemas sociais dos idosos, porque os sentia nos seus pais, a jovem Drª. Manuela Monteiro de Melo, Professora de Informática na Escola Secundária Antero de Quental, tomou a iniciativa de fundar a USPD em Novembro de 2007. Iniciou a actividade com uma turma de 12 formandos seniores na disciplina de iniciação à Informática. Dado o interesse despertado, em curto espaço de tempo criou mais 2 turmas. Tempos depois, diversificou a oferta com a criação dos cursos de Inglês e de História dos Açores, tendo para tanto convidado respectivamente a colega Dr.ª Maria da Graça Gomes Melo e o Professor José Teixeira Dias, um “jovem” da 3ª. Idade, consagrado docente do nosso meio académico, que se mantém ligados à USPD.

A 7 de Maio de 2008, a USPD inscreveu-se na RUTIS (Rede de Universidades da Terceira Idade), uma Associação que integra e dá apoio jurídico às IPSSs vocacionadas para a acção sócio cultural à população sénior, sendo hoje um dos seus membros com participação nos encontros Nacionais, promovidos por esta última.

A USPD não tem ainda instalações próprias pelo que tem contado com a boa vontade de terceiros. Instalou-se primeiro no Centro Cultural e Cívico de Santa Clara, tendo para tanto, a 12 de Dezembro de 2008, estabelecido um Protocolo com a Câmara Municipal de Ponta Delgada.

A 27 de Janeiro de 2009, a USPD adquire o estatuto de Pessoa Jurídica pelo registo dos seus Estatutos e a celebração de escritura no Cartório Notarial de Ponta Delgada, a cargo do Dr. Jorge Manuel Matos Carvalho.

Desde logo a USPD foi definida como uma organização de voluntariado e sem fins lucrativos. Nesse sentido, requereu ao Instituto de Acção Social o Estatuto de Instituto Particular de Solidariedade Social (IPSS), cujo processo corre desde 5 de Maio de 2009. O seu objectivo é habilitar-se aos fundos disponíveis pela tutela para o exercício cabal da sua função sócio cultural.

Dando sequência ao cumprimento dos Estatutos, em 22 de Setembro de 2009, realizou-se a 1ª. Assembleia Geral, presidida pela Dr.ª Manuela da Conceição Melo e o Doutor. José Teixeira Dias, tendo sido eleitos os Órgãos Sociais da USPD. Foram eleitos os seguintes associados: para a Direcção: Dr.ª Manuela da Conceição Melo, como Presidente; Dr.ª Maria da Graça Gomes Melo, como Vice-presidente; Artur Rosa Teixeira, com Secretário; António Virgínio Blayer Soares, como Tesoureiro; Dr. João Manuel Ramos, como Vogal. Para a Assembleia Geral: Professor José Teixeira Dias, como Presidente; José Henriques, como Secretário; Roberto Moniz, como vogal. Para o Conselho Fiscal: Dr.ª Maria Bela Goyanes Machado, como Presidente; Manuel Brandão, como Secretário; Jorge Dutra, como vogal. De acordo com os Estatutos, os cargos não são remunerados.

Entretanto o espaço disponível no Centro Cultural e Cívico de Santa Clara tornou-se exíguo, face ao aumento de associados e à diversificação de cursos. Em protocolo estabelecido com a Junta de Freguesia de São Pedro, celebrado em 2 de Outubro de 2009, a USPD passou a contar com mais um espaço, o Salão Multiusos, onde funcionam os cursos teóricos, cantares populares e actividades artesanais. Mantém-se todavia naquele primeiro espaço os cursos de Informática.

Autor do texto
Artur Teixeira